Keith Prowse Entertainment Travel Brasil
CÂMBIO ATUALIZADO
Dólar (US$)= R$ 5,61    Euro (€) = R$ 6,59    Libra (£) = R$ 7,28   
07
ago
AV. Brigadeiro Faria Lima, 558 - Cj 42
São Paulo - SP 05426-200, Brasil
Central de Atendimento Telefone +55(11)3167-2757
BLOG

Genebra

 Genebra, na Suíça: Paraíso de verão

Não faltam atividades e atrações esportivas no país alpino quando a temperatura sobe, sobretudo em seus agradáveis lagos
Suíça é sinônimo de frio, neve e esqui, correto? Nem tanto. É verdade que o país encravado no meio da Europa ficou mundialmente famoso por seus redutos alpinos que lotam no inverno, mas, conforme a neve derrete e o verão se aproxima, milhares de possibilidades de lazer se abrem. Apesar de ocupar menos de 0,5% do território europeu, a Suíça concentra 6% de toda a água do continente. São mais de sete mil lagos e 120 geleiras (que dão origem a rios caudalosos nos meses quentes).
GENEBRA – Conhecida como “a Capital da Paz”, Genebra celebrizou-se por ser a sede europeia da ONU e uma das cidades com melhor qualidade de vida do planeta. Quem a visita logo percebe seu caráter cosmopolita – cerca de 40% de seus 190 mil habitantes são estrangeiros. Situada pertinho da fronteira com a França, é também uma metrópole que causa inveja nas demais da Europa: está encravada entre lago e montanha, de frente para o icônico Mont Blanc, o mais alto pico do continente, com seus 4.810 metros. E tem ainda seu gigantesco chafariz, o Jet d’Eau, jorrando água a 140 metros – uma altura equivalente à de um prédio de 40 andares.
Duas imagens que dificilmente o turista esquece. Tudo isso faz dela um destino turístico de primeira grandeza, muito propício a ser explorado a pé ou usando o excelente sistema de transporte público, com as atrações quase sempre próximas umas das outras. Assim, é fácil, por exemplo, desvendar numa caminhada a Vieille Ville (Cidade Velha), o local mais procurado pelos turistas.
Ali ficam dezenas de construções históricas, como a centenária Cathédrale St-Pierre, lugar de importância para todas as vertentes do cristianismo, por ser sede do interessantíssimo Museu da Reforma Protestante.
Também se destacam o Palais des Nations (atual sede da ONU), o Museu Ariana (um dos melhores do mundo no campo da arte em cerâmica e vidro) e o Parc des Bastions, uma das mais agradáveis áreas verdes de toda a Europa, repleta de castanheiras e pontuada por estátuas e monumentos.
Essas atrações podem ser conferidas o ano todo. Mas, no verão, é o Lago Genebra (também chamado de Lago Léman) que ganha os holofotes. Além de banhar a cidade, ele serve de ligação com outras localidades, como Montreux, Vevey e Lausanne.
Há seis balneários num raio de cinco quilômetros do centro. E, por balneário, entenda-se um clube aberto a não-sócios, onde existe praia artificial, piscinas, saunas, spa, restaurante e bar à beira da água. Os melhores deles ficam em Geneve Plage (que significa “Praia de Genebra”). E ali ainda dá para aprender e praticar windsurfe, esqui aquático e wakeboard – esportes que quase ninguém associa a um país “alpino”.
Quem prefere juntar diversão e conhecimento pode ir um pouco mais longe: a 17 quilômetros do centro fica a vila de Nyon. Trata-se de uma antiga fortificação do Império Romano e, portanto, um recanto histórico – só que repleto de praias. É bom lembrar que são praias ao estilo suíço: bem pequenas, com pedriscos em vez de areia e grama em boa parte.
Quase sempre elas têm uma piscina pública junto – de água aquecida, para contrabalançar o geladinho do Lago Genebra. E também vestiários, bares e restaurantes descolados na orla. Os fãs de aventura têm à sua disposição as empresas que levam para fazer rafting e canoagem nos rios da região – que ficam pra lá de agitados no verão, graças ao degelo dos Alpes. Dois deles se destacam: os rios Arve e Rhone, onde a adrenalina é garantida.
Agora, para quem tem crianças, a grande pedida é ir ao AquaPark, em Bouveret, a 60 quilômetros do centro. O trajeto pode ser feito tanto por estrada quanto de barco pelo lago – que, convenhamos, é muito mais charmoso. Uma vez no parque, prepare-se para experimentar o “Caribe suíço”.
É assim que o lugar é conhecido, graças às suas dezenas de piscinas internas e externas de águas quentinhas. Há escorregadores e tobogãs de todos os tipos, inclusive o assustador Booster Loop, um percurso em que o visitante desliza a 80 quilômetros por hora, atingindo 3G em algumas curvas – isto é, uma força equivalente a três vezes a gravidade. Divertido e radical!

Conheça este lugar incrível com a www.keithprowse.com.br

Fonte: http://viajandoporesporte.com/2013/06/07/suica-paraiso-de-verao/
Adaptação da reportagem publicada na edição 42 da revista Viajar pelo Mundo.





Receba Nossos Informativos
PACOTES
Pacotes
Receba Nossos Informativos
OS MAIS PROCURADOS
Cirque du Soleil 2020
Cirque du Soleil 2020
Londres West End 2020
Londres West End 2020
Roland Garros
Roland Garros